Insuficiência Ativa e Passiva



O fenômeno conhecido como insuficiência é mais evidente em músculos bi- ou poliarticulares, mas também podem ser encontrados em músculos monoarticulares (nesse caso, o que acontece é o impedimento que os músculos Envolvidos em determinada ação muscular alcancem maiores amplitudes de movimento devido a uma ação agonista ou antagonista).

- Insuficiência ativa: Ocorre quando, devido à contração ativa, as fixações do agonista se aproximam tanto que ele perda e a tensão.

Imagine um elástico em que depois de estica-lo você volta ao ponto normal e depois aproxima ainda mais as pontas. Pois é, ele fica “bambo”, frouxo. Com o músculo também é assim.

- Insuficiência passiva: Esta acontece quando o antagonista se alonga de tal forma que limita a ação do agonista.


Exemplos:

1º O músculo bíceps braquial atua tanto na flexão de ombro quanto na de cotovelo. Sendo assim, se realizarmos uma flexão de cotovelo e de ombro ao mesmo tempo (no mesmo membro, por favor!) o m. bíceps braquial ficará insuficiente de forma ativa devido a aproximação de suas inserções.

2º Se for executada uma flexão de quadril com uma extensão de joelho os mm. Ísquiotibiais se alongarão de tal forma que limitarão a flexão de quadril realizada pelo m. quadríceps. Esta é uma insuficiência do tipo passiva, visto que o antagonista (mm. Ísquiotibiais) limitou a ação do agonista (m. quadríceps).

Fácil? Bons estudos! :)

Referência: 
KISNER, Carolyn; COLBY, Lynn Allen.Exercícios Terapêuticos: Fundamentos e Técnicas. 5.ed. São Paulo: Manole, 2009. 
SMITH, Laura K.; WEISS, Elizabeth L.; LEHMKUHL, L. Don.Cinesiologia Clínica de Brunnstrom. 5.ed. Barueri: Manole, [1997].
Portal Esporte e Ciência - esporteeciencia.blogspot.com.br

5 comentários:

  1. MUITO BEM EXPLICADO, AJUDOU BASTANTE.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom texto, me ajudou bastante. Ótimo trabalho!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

Deixe aqui sua dúvida ou comentário